A jovem ativista sueca Greta Thunberg, de 16 anos, foi eleita a “Pessoa do Ano” pela revista norteamericana Time. Ela é a pessoa mais jovem a receber o título.

Greta ganhou fama mundial em 2018, após iniciar protestos contra as mudanças climáticas no planeta. As pequenas manifestações se espalharam pelas redes sociais, até culminarem nas Greves Globais pelo Clima, em setembro deste ano.

Greta compartilhou um vídeo em seu Twitter a respeito dos atentados contra lideranças indígenas no Maranhão, que resultaram na morte de dois caciques do povo Guajajara.

“Os indígenas estão sendo assassinados por proteger a floresta contra o desmatamento ilegal. Isso se repete frequentemente. É uma vergonha que o mundo permaneça em silêncio a respeito disso”, comentou Greta.

Noblat – Veja

Guga Chacra – Globo News