O design de um perfil profissional

1 – Crie um background customizado

E existe uma melhor maneira de completar seu conteúdo do que criando um background customizado? Na hora de adicionar a imagem ao seu canal, ela não pode exceder 256 kbs, melhor visualizada com 1500 pixels de largura e 2000 pixels de altura.

2 – O design de sua página deve se adequar à natureza de
seu negócio

Não é aconselhável adicionar qualquer layout ou tema de página que você, pessoalmente, prefira. Em vez disso, você deve ostentar um design que se adequado à natureza de seu negócio. Por exemplo, você pode usar um tema de desenho animado se você está vendendo brinquedos.

3 – Seja criativo a nível profissional

Você precisa ser criativo com o design da sua página. No entanto, você deve fazê-lo de uma forma profissional. Não basta ser despojado. Seja um pouco sutil também. Seus visitantes irão apreciar seu perfil vão notar que você presta muita atenção na “qualidade”.

4 – Contrate um especialista para fazer essa tarefa

Você não tem habilidade para projetar um bom design para seu perfil? Então é melhor contratar alguém para fazer isso por você. Você pode terceirizar essa tarefa para um freelancer online.

5 – Mude o design do seu perfil de acordo com a época / evento / feriado

Um design atraente não vai ficar atraente por muito tempo. As pessoas logo se cansarão dele. Ofereça algo novo, mudando o seu design de perfil de acordo com a época / evento / feriado (por exemplo: tema de Natal, dia das mães, virada do ano, etc.).

6 – Evite decoração excessiva

Em sua busca para ter um design de perfil atraente, você pode acabar exagerando nas coisas, adicionando muitas imagens, fontes. Este é um erro que muitos comerciantes podem cometer. O resultado pode ser um perfil confuso, difícil de entender e pouco atraente.

Como controlar a Multidão no YouTube

7 – Inclua uma lista de políticas

No YouTube, é possível fazer comentários anônimos. Como isso, alguns usuários se sentem à vontade para fazer comentários destrutivos, insultuoso e negativo. Portanto, você deve indicar claramente em seu perfil, em uma lista de políticas, que este comportamento não será tolerado.

8 – Deletar imediatamente os comentários negativos

Alguns usuários podem postar comentários ofensivos e negativos. Você deve estar sempre atento a esse tipo de comentário e apagá-los imediatamente antes que outros usuários possam vê-lo. Mas atenção, você não deve tolerar aqueles comentários negativos de usuários que você sabe que estão com a única intenção de caluniar e destruir a imagem do seu perfil. Não confunda essa atitude com comentários de críticas construtivas ou reclamações de clientes insatisfeitos, estes você não deve deletar e sim respondê-los abertamente o mais rápido possível.

9 – Desencorajar comentários negativos

Às vezes, os comentários negativos, ofensivos e insultuosos não são direcionados para você. Alguns confrontos podem acontecer entre os próprios usuários. Detenha tais argumentos imediatamente. Você pode apagar os seus comentários,
ou dar-lhes alguns avisos, ou ainda bloqueá-los de seu perfil.

10 – Monitore seu perfil e andamento dos vídeos regularmente

O YouTube é ativo 24 horas por dia. Os comentários podem ser publicados enquanto você está dormindo, tomando banho, ou fazer o seu jantar. Um post ruim pode ser feito a qualquer momento. Você deve estar sempre à espreita. Não é bom fazer esse monitoramento somente uma vez por dia, pois se houver um comentário negativo, você poderá levar até 24 horas para vê-lo e deletá-lo, assim muitos usuários já terão visto este comentário antes de você. Monitore sua página do YouTube regularmente e periodicamente, por exemplo a cada 3 vezes ao dia.

11 – Contrate um moderador

Se você não tem tempo para estar sempre monitorando seu perfil, pode ser necessário contratar um moderador – alguém que vai manter sua página atualizada em seu nome e vai monitorá-la pra você.

12 – Seja educado em todos os momentos

Algumas vezes é sempre necessário responder às perguntas dos seus usuários e assinantes. Quando você fizer isso, você deve sempre ser educado. Mesmo se a outra pessoa não estiver sendo educada ou estiver fazendo uma reclamação ou crítica onde ela não tenha nenhuma razão.

13 – Exclua usuários abusivos

Você pode começar com um aviso, mas se um usuário é repetidamente abusivo, você tem a opção de excluí-lo do seu canal para que ele não influencie negativamente seus usuários.

14 – Se necessário, desative os comentários

No YouTube você tem a opção de desativar o recurso de comentários. Mas use essa ferramenta com moderação.

15 – Se necessário, desative os Thumbs-up

Você também tem a opção de desligar a Thumbs-up (avaliação positiva ou negativa do vídeo). Mas use essa ferramenta com moderação.

A autenticidade da página no YouTube

16 – Use o nome e logomarca da sua empresa

Os usuários devem saber que seu canal no YouTube pertence ao seu negócio / empresa. Comece adicionando no topo do seu canal o logotipo e nome da empresa. Certifique-se que ele também apareça em cada um de seus vídeos.

17 – Livre-se de spams imediatamente

Spams afetam a autenticidade da sua página. Se você é incapaz de controlar spams, as pessoas vão pensar que você não é capaz de manter sua página. Isto irá afetar a forma como as pessoas vêem você e sua empresa. Exemplos de spams: mensagens de correntes e mensagens com propagandas de outras empresas.

18 – Forneça um link para seu site principal

Outra maneira de dizer às pessoas que você é autêntico é fornecer um link que irá direcioná-las para o site oficial da sua empresa (se tiver). Além disso, o site oficial deve fornecer um link que irá direcionar as pessoas para seu canal do YouTube.

19 – Produza vídeos com boa qualidade

Se os seus vídeos são de baixa qualidade, as pessoas certamente irão relacioná-los às normas de qualidade da sua empresa.

20 – Publique vídeos de convite

Faça alguns vídeos que chamem os usuários do YouTube para conhecerem e se inscreverem em seu canal, para que assim você tenha mais assinantes da sua página.

Tornando o conteúdo fácil de encontrar

21 – Destaque seu melhor vídeo

Por padrão, o YouTube mostra no destaque do seu canal o seu vídeo mais recente. O que pode ser uma boa opção para quem posta constantemente, mas uma opção ruim para aqueles usuários que demoram muito para postar. Se o seu último vídeo adicionado não for o que melhor se relaciona com o conteúdo do seu negócio / empresa, você pode escolher outro vídeo para ocupar o lugar no destaque.

22 – Organize seus vídeos

Criar listas de reprodução é uma boa maneira de facilitar a navegação do usuário. Segmente os grupos por temas relevantes, datas, produtos, enfim, de modo a otimizar o tempo de quem visita seu canal O canal Showlivre é um bom exemplo de organização de seus vídeos, os segmentando por programas, festivais e shows que fazem cobertura. Outra dica é pensar bem nos títulos e nomes dos vídeos, deixando de forma clara o assunto de que tratam.

23 – Divulgue!

Parece óbvio, mas muitas empresas tem canais no YouTube e não divulgam em lugar algum. Não acredite que o usuário descobrirá sozinho onde estão seus vídeos, por isso, divulgue as novidades no Twitter, Facebook, Orkut, blog e claro, no seu site oficial. Quanto mais divulgação, melhor. Afinal, de nada adianta seus esforços se seu canal fica escondido dentro do site.

24 – Use tags

Sem tags, os vídeos que você postou provavelmente vão ficar invisíveis nos arquivos de vídeo do YouTube. Torne seu vídeo visível adicionando o máximo de tags possíveis. Tags são palavras-chave relacionadas ao conteúdo do vídeo postado. Por exemplo, para um vídeo que fala sobre “Televisão”, as tags relacionadas podem ser: tela, LCD, plasma, 3D, HD, etc.

25 – Use títulos apropriados

O título do seu vídeo também irá determinar se o vídeo é difícil de encontrar ou não. Certifique-se se o título do seu vídeo está completo e se descreve bem o conteúdo do vídeo.

26 – Providencie uma boa descrição

Você pode querer incluir todas as palavras-chave no título do seu vídeo, mas isso não é o mais indicado para se fazer. Você tem a chance de mencionar o resto das palavras-chave ou palavras-chave secundárias na caixa de descrição.

27 – Adicione canais relacionados à sua lista de amigos

Pode haver outros canais relacionados ao seu nicho de mercado. Se esses canais já têm uma grande base de assinantes, então você pode se beneficiar adicionando esses amigos destes canais em sua lista de amigos. Dessa forma, você está expondo o seu canal para estes assinantes. Talvez alguns deles vão adicionar o seu canal também.

28 – Acompanhe o desempenho

O YouTube disponibiliza a todos os seus usuários uma ferramenta de análise de desempenho em um botão chamado “Insight”. As estatísticas mostram informações como número de exibições por período, dados demográficos ou comunidades. Um item bem interessante é o “Descobertas” onde você pode checar como os usuários estão chegando até seu vídeo. Os resultados podem mostrar dados como pesquisa no YouTube, vídeos relacionados, pesquisa no Google entre outros.

29 – Não use vinhetas ou introduções longas demais

Utilizar as famosas “intros” em seus vídeos, garante que o espectador lembre-se do seu canal. Mas tome cuidado: o tempo ideal de uma introdução entre 5 a 10 segundos no máximo.

30 – Peça avaliações, favoritos e inscrições

No final de seus vídeos, peça para que seus espectadores avaliem seu vídeo. Mas cuidado, não diga: “Cliquem no gostei para me ajudar”. Peça uma avaliação completa do vídeo, incluindo comentários. Lembre-os de se inscrever em seu canal (caso queiram) e de adicionar o vídeo aos favoritos.

31 – Mantenha uma relação com seu público

Responder comentários, ser atencioso, tudo isso irá cativar ainda mais o seu público, podendo fazer com que eles se tornem fiéis.

32 – Comente em outros vídeos

Comentar em vídeos de canais parecidos com o seu irá fazer com que você seja percebido. Mas os comentários devem agregar valor ao conteúdo do vídeo, e não ser apenas uma peça publicitária do tipo “Ótimo vídeo. Visitem meu canal”. Apenas use essa dica se realmente for comentar algo construtivo.

33 – Se inscreva em outros canais

Se inscreva em canais que tenham um conteúdo relacionado com o seu, mas apenas o faça se realmente gostar do conteúdo do outro canal. Jamais peça para retribuírem suas inscrições. Por exemplo: uma empresa que vende cosméticos pode se inscrever em canais e blogueiras que ensinam a usar cosméticos.

34 – Não faça SPAM

Jamais faça SPAM. Seja por comentários, seja por mensagem privada. Todo mundo odeia quem está apenas interessado em divulgar o próprio canal. Isso “queima o seu filme” no YouTube.

35 – Crie um blog

Os vídeos só vão aparecer nos resultados naturais da página de buscas do Google, se forem muito populares (com audiência em cerca de mais de 1 milhão de visualizações). Então, para que seus vídeos aparecem nos resultados naturais do Google, crie um blog. Isso aumenta a visibilidade e a audiência dos vídeos. Mas também coloque bom conteúdo no blog, para ganhar boas posições nos resultados do Google.

Faça um orçamento para o desenvolvimento de seu site ou blog com RD Studio Web

36 – Conecte suas contas

A possibilidade de conectar seu canal do YouTube com outras redes sociais é uma janela para ganhar audiência. Conecte seu canal no YouTube com o Twitter, Facebook e Orkut para mostrar suas atualizações nestas redes sociais.

37 – Use projetos e designs que correspondem ao seu mercado

Ao fazer um vídeo, certifique-se que você use gráficos e efeitos de estilo que são adequados à sua natureza de negócio. Por exemplo, pode não ser apropriado usar uma música de tema infantil em um vídeo que tem como alvo profissionais adultos, tais como gerentes, supervisores ou diretores.

38 – Use legendas em seus vídeos

Algumas pessoas podem estar usando um computador que não vêm com bons fones ou caixas de som. Alguns podem estar acessando a web em um lugar público onde o ambiente é muito agitado e barulhento. Então, se seus vídeos incluem vozes, é aconselhável adicionar legendas do que está sendo falado.

39 – Use vídeos com tamanhos que todos possam ver

Um vídeo de alta qualidade com alta taxa de quadros, som de qualidade e alta definição de codificação é definitivamente um “colírio para os olhos”. Mas infelizmente nem todos os usuários podem ver esses vídeos, pois alguns usam internet com baixa velocidade. Pense nisso ao produzir os vídeos.