MP3 - Ao alcance de todos? 

A grandes gravadoras que nos desculpem, mas o mundo do MP3 já tem mais de meio milhão de músicas na Internet (Quase todas grátis) e players para ninguém botar defeito. Resumindo:
1 -Instale um Player — É preciso ter um software específico para MP3 Quem tem Windows 98 SE ou Internet Explorer 5.0 já tem o Windows Media Player. Outra opção é o Winamp (
www.winamp.com ) é grátis - 1,86 Mb. e o mais polêmico e melhor o NAPSTER, www.napster.com   que é uma comunidade onde você pode pegar grátis os MP3 que estão em outros computadores e vice-versa.
2 -Instale um jukebox — Esses softwares converte CDs de áudio em MP3. Tente o
www.musicmatch.com ou Real Jukebox www.real.com
3 -Vá a MP3.com ou Audogalaxy.com — Além de trazer as novidades sobre o assunto, esses portais hospedam músicas de artistas.



Como criar o MP3 executável

MANDE A MÚSICA A UM AMIGO

Você ouviu na Internet um Música estupenda, e quer que os amigos também ouçam? É fácil enviá-la. O caminho mais óbvio é anexá-la a um e-mail. Neste caso, o destinatário precisa ter um MP3 player. Mas, se não tiver, dá-se um jeitinho, com uma mãozinha dos copiladores de MP3. Eles geram MP3 executáveis, cuja música pode ser ouvida mesmo em micros sem um player instalado. Na verdade, o player e o MP3 vão juntos no arquivo EXE, que é cerca de 20 kb maior que o MP3. Também é possível quebra a música "autotocável"em vários disquetes, para envio manual. Um exemplo desses compiladores é o shareware MP3toexe, da Buschjost's Software (
http://www.mp3toexe.com, 981 kb). Atenção: prefira enviar o link, e não o arquivo, para não entupir o sistema de e-mail.
 


O MP3 não está sozinho
NOVOS FORMATOS DISPUTAM OS OUVINTES

Há música por todos os cantos da Web — e não apenas no formato MP3. O LiquidAudio (
http://www.liquidaudio.com ), por exemplo, trabalha com arquivos de som proprietários para download e transmissão instantênea, a maior parte para venda de música. A Microsolf (http://windowsmedia.com ), com os arquivos WMA, também oferece um formato supostamente seguro que permite a venda com preservação dos direitos autorais. já o sistema VQF, da Yamaha, promete som de alta qualidade com arquivo ligeiramente menores do que em formato MP3 (Veja mais informações em http://www.vqf.com ). Preocupada, a indústria fonográfica criou uma associação para definir normas e discutir como vender sons pela rede. ë a Segure Digital Music Initiative ( http://www.sdmi.org ).


Como colocar suas criações na Web
SOM BRASIL PARA O MUNDO

Quem tem um site na Web pode colocar ali seus sons MP3 para download. O problema é que, devido ao tamanho dos arquivos, o MP3 é um considerável comedor de banda — e o sucesso na procura pelas músicas pode resultar nem congestionamento na servidor. Uma saída é usar os sites especializados em hospedar arquivos musicais. Além de fornecer a infra-estrutura, eles ajudam a divulgar as bandas. Elas passam a ser incluídas no mecanismo de busca e nos catálogos por categoria. As duas principais opções nessa categoria são os americanos MP3.com (
http://www.mp3.com ) e Audiogalaxy (http://www.audiogalaxy.com ). Ambos permitam o envio de fotos de divulgação do grupo e fornecem estatística de downloads das músicas. Assim você poderá acompanhar o seu "sucesso virtual" — ou reclamar que é mais um gênio incompreendido.

Fonte: Info Exame, nº. 163 Outubro/99. Pgs 49, 50, 54.
[
Topo ] [ Volta ]