ATITUDES AMBIENTAIS CORRETAS

RECICLAGEM

● Em vez de reciclar, tente preciclar (evite o consumo de materiais nocivos e o desperdício).
● Evite mercadorias com muitas embalagens.
● Compre produtos ambientalmente corretos.
● Compre somente o necessário.
● Exerça sua cidadania e cobre providências dos governantes.
● Separe corretamente o lixo para reciclagem, mesmo que não tenha o serviço na sua cidade.
● Economize papel. Utilize os dois lados.
● Não jogue no lixo o que você pode doar.
● Compacte o lixo, antes de jogá-lo fora.
● Ao fazer compras, leve sua própria sacola.
● Doe suas roupas usadas.
● Brinquedos velhos, livros e jogos que você não quer mais podem ser aproveitados por  outros.

ENERGIA

 
●  Compre aparelhos mais eficientes (Classificação A - Selo Procel).
●  Troque as lâmpadas incandescentes por fluorescentes.
●  Apague luzes desnecessárias.
●  Evite abrir a porta da geladeira com freqüência.
●  Economize energia ao lavar e passar a roupa. Desligue o ferro um pouco antes de acabar  de passar - ele vai conservar o calor durante o tempo necessário para terminar a tarefa.
●  Ilumine sua casa sem desperdício.
●  Use o ar-condicionado com moderação.
●  Evite usar aparelhos elétricos ou eletrônicos no horário de pico.
●  Diminua o tempo do banho.
●  Deixe o carro na garagem um dia por semana.
●  Utilize mais o transporte coletivo e a bicicleta.
●  Partilhe o carro com outras pessoas.

●  Revise o seu carro periodicamente e use combustíveis de transição, como o álcool e o  biodisel.
●  Pressione governos e empresas a substituírem a energia negativa (petróleo, energia  nuclear e grandes hidrelétricas) por energia positiva (solar, eólica, pequenas hidrelétricas,  biogás).
●  Apóie e participe de iniciativas e ações contra a destruição de nossas florestas.
●  Só compre móveis feitos com madeira certificada pelo FSC.

ÁGUA

●  Evite o desperdício de água. Em áreas sujeitas a períodos de secas, armazene água da  chuva.
●  Exija da sua prefeitura sistemas eficientes de drenagem urbana, coleta e tratamento de esgotos.
●  Diminua o tempo do banho.
●  Não deixe torneira aberta.
●  Economize água nas tarefas domésticas, por exemplo, reaproveite água da máquina de
   lavar para molhar as calçadas.
●  Não deixe torneiras pingando.
●  Para varrer a calçada, não use mangueira. Use a vassoura.
●  Instale torneiras com sensores automáticos.
●  Use uma bacia para lavar a louça.
●  Escove os dentes com a torneira fechada.
●  Para lavar o carro, não use mangueira. Use um balde.
●  Informe-se sobre as habitações ambientalmente corretas que aproveitam água da chuva, com climatização e que usem a energia do sol para iluminação e aquecimento.
●  Ajude a recuperar as áreas verdes de sua cidade, a mata ciliar na beira dos rios e nascentes com espécies nativas.
●  Regue as plantas de manhã cedo ou à noite. Quando o sol está alto e forte, grande parte da água se evapora.

PARA AS EMPRESAS

● Em vez de reciclar, tente preciclar (evitar o consumo de materiais nocivos e o desperdício).
● Regule os carros da empresa e poupe combustível, use gasolina sem chumbo e prefira álcool e biodisel.
● Sempre que possível, reduza o uso do carro em viagens a serviço.
● Prefira lâmpadas fluorescentes compactas para as salas cujo índice de ocupação é maior - são mais eficazes se estiverem acesas durante algumas horas. Embora mais caras, duram, em média, 13 vezes mais e gastam um quarto da energia consumida pelas lâmpadas incandescentes.
● Implemente uma política de transportes para os empregados.
● As fotocopiadoras e as impressoras a laser utilizam cilindros de toner de plástico, que freqüentemente têm de ser substituídos. Contate uma empresa que recicle esse plástico ou que o reutilize.
● Estudos mostram que as plantas conseguem remover 87% dos elementos tóxicos do ambiente de uma casa no espaço de 24 horas. Distribua plantas por todas as instalações. Pelo menos uma planta de 1,2 a 1,5 metros por cerca de 10 metros quadrados. Escolha
  espécies de plantas que sobrevivam com pouca luz natural.
● Desligue as luzes e os equipamentos (computadores, fotocopiadoras, etc.) quando sair do escritório. Se durante um ano forem desligados dez computadores pessoais, à noite e durante os fins-de-semana, poupa-se, em energia, o equivalente ao preço do computador.
● Instale sensores de presença que desliguem as luzes sempre que a sala ficar vazia.
● Impressoras a jato de tinta usam 99% menos energia que as impressoras a laser durante a impressão e 87% menos quando inativas; os computadores portáteis consomem 1% da energia de um computador de escritório. Se possível, prefira esses equipamentos.
● Compre um aparelho de fax que use papel normal, eles funcionam também como fotocopiadoras ou impressoras em papel. Aparelhos exclusivos para essa função não usam papel reciclável, porque é revestido com produtos químicos que são aquecidos para a impressão.

FONTE: BANCO DO BRASIL - SITE SUSTENTABILIDADE


Energia renovável já!

O aquecimento global é o pior problema ambiental atualmente. As temperaturas recordes do verão de 2003 no hemisfério Norte e o aumento das emissões de gases de efeito estufa na União Européia demonstram que o fenômeno é uma realidade. Embora alguns cientistas aleguem que não se pode mais impedir que as mudanças climáticas ocorram, o Greenpeace crê que devemos minorá-las, na expectativa de que as conseqüências sejam menos drásticas.
A atmosfera da Terra é composta por gases que, entre outras funções, mantêm a temperatura que possibilita a vida no planeta e regulam chuvas e evaporação. A emissão de gases durante a queima de combustíveis fósseis, principalmente o dióxido de carbono (CO2 ), aumenta o chamado efeito-estufa. Leia mais

Site Oficial do Greenpeace no Brasil
Sócio Greenpeace

Leia:
RELATÓRIO DA SAÍDA DE CAMPO AO PARQUE NACIONAL DE APARADOS DA SERRA

Leia:

APROVEITAMENTO HÍDRICO E CONTROLE DE INUNDAÇÕES DA BACIA MAMPITUBA

ASSUNTOS AMBIENTAIS

-Ecologia e Meio Ambiente
- Energia renovável já!
- Lei Ambiental
- Lagoa de Sombrio pede socorro
- Projeto Sombrio
- A Educação Ambiental




Projeto Baleia Franca
A sede está localizada no Centro Nacional de Conservação da Baleia Franca, na Praia de Itapirubá Norte, em Imbituba, SC.
Maiores informações podem ser obtidas pelos:
Telefone: 0 XX 48 3255-2922
E-mail info@baleiafranca.org.br
Website: http://www.baleiafranca.org.br


LEIA AS ULTIMAS NOTÍCIAS NO SITE DO GREENPEACE:
www.greenpeace.org.br


SAIBA MAIS SOBRE NEUTRALIZAÇÃO DE CARBONO

Cada vez mais empresas têm aderido a ações de plantio que visam neutralizar a emissão de carbono gerada por suas atividades. Muitas delas, como a Volkswagen Caminhões, a Interface Carpetes, o banco Bradesco e a concessionária Primo Rossi têm desenvolvido seus projetos com o Programa Florestas do Futuro da Fundação SOS Mata Atlântica.
Esta postura visa diminuir o impacto de gases como o dióxido de carbono (CO2), que são emitidos na natureza, gerando o efeito estufa e as mudanças climáticas que já são um problema atual no Planeta. A elevação do nível dos oceanos, os incêndios mais freqüentes em áreas florestais e as alterações nas correntes marítimas são alguns dos resultados já aparentes.
Os cálculos da neutralização de carbono são feitos por empresas especializadas. As consultorias MaxAmbiental e Key Associados vêm atuando em parceria com o Florestas do Futuro. Usos como o transporte, a eletricidade e o gás, além do despejo de resíduos e outros itens são levantados nas empresas para que se chegue ao número de árvores que precisam ser plantadas.
“Pode-se neutralizar a fabricação de um determinado produto, a prestação de todo tipo de serviços, processos de vendas, funcionamento de instalações industriais, escritórios ou núcleos operacionais. Há possibilidade de se neutralizar viagens ou a locomoção de executivos e funcionários, canais de distribuição, atividades de comunicação, promoção e eventos, próprios ou patrocinados. Cabe à empresa interessada a decisão de neutralizar o que considera mais adequado aos objetivos mercadológicos almejados e à disponibilidade de recursos que pretende investir”, informa o site www.carbononeutro.com.br  da MaxAmbiental.
No Programa Florestas do Futuro, as árvores relativas à neutralização são plantadas em áreas de reflorestamento, com mudas nativas, privilegiando regiões de mata ciliar, às margens dos rios. Todo o processo é de responsabilidade da Fundação SOS Mata Atlântica.
Você, cidadão, também pode calcular quanto emite de carbono na natureza e quantas árvores deve plantar. Basta entrar no site www.florestasdofuturo.org.br e clicar na Calculadora de CO2. Se desejar, pode já fazer o pagamento e realizar o plantio pelo próprio programa.


Para saber mais, consulte-nos pelo email empresarial@sosma.org.br
Fundação SOS Mata Atlântica – www.sosma.org.br  - fone (11) 3055-7888


ECO-SITES:

[Saúde Animal] [Ibama] [SOS Matatlantica] [Panza] [Greenpeace] [Montandonedias


SUL-SC Online: Ecologia, Meio ambiente