O RESGATE DO FUTEBOL AMADOR NO MUNICÍPIO DE SOMBRIO Monografia apresentada a conclusão do curso de licenciatura de Educação Física, da Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC, realizada sob a orientação do professor Luiz Afonso dos Santos.

Por: MÁRCIO JOEL NUNES

 

image018.jpg (39582 bytes) Jogadores do Ipiranga, década de 1950. Fotografia cedida por Deldi Garcia.


Clique nas fotos
para ampliá-las
image016.jpg (39633 bytes) Jogadores do Ipiranga em 1942, tirada em Passo do Sertão, ao fundo o fundador do Ipiranga o “Seu Dico”. Fotografia cedida por Zênio Cardoso. 


INTRODUÇÃO

CAPÍTULO I

1.1.  A Era Vargas
1.2.  A Revolução de 30 e a chegada de Vargas ao poder
1.3.  O governo Vargas
1.4.  O futebol se transforma no esporte das multidões


CAPÍTULO II

2.1. A Revolução de 30 em Santa Catarina

2.2. Os interventores em Santa Catarina

2.3. O governo e a interventoria de Nereu Ramos

2.4. Resultantes sociais e culturais

2.5. A Segunda Guerra Mundial e seus reflexos econômicos e sociais

2.6. A redemocratização do Estado


CAPÍTULO III

3.1. História de Sombrio

3.2. Ipiranga era orgulho no esporte

3.3. A Sociedade Esportiva e Recreativa Ipiranga

3.4. Praça de Esportes Cairú

3.5. Atual estádio leva nome Sant’Helena


CAPÍTULO IV

4.1. Construindo a história do Ipiranga

4.1.1. Delfino Sant’Helena

4.1.2. Antônio Pedro Coelho

4.1.3. Claudionor dos Santos

4.1.4. Natálio Cunha

4.1.5. Deoclésio Coelho

4.1.6. Antônio Natálio Vignali

4.1.7. Deldi Garcia

 

[FOTOS DO MUNICÍPIO ] [INFRAESTRUTURA TURÍSTICA ]
[ECOTURISMO DE SOMBRIO ] [MAPA DO MUNICÍPIO ]
[O RESGATE DO FUTEBOL AMADOR NO MUNICIPIO]
[CÂMARA DE VEREADORES]

Site: www.sul-sc.com.br