Home  | Histórico | Dados | Turismo | Imagens | Hospedagem


HISTÓRICO

A cidade de Araranguá

Morros, dunas, praias e rios compõem a paisagem de Araranguá, uma cidade litorânea de cerca de 61 mil habitantes (dados: Censo 2010) que fica a 210 Km de Florianópolis em Santa Catarina. Visitado por turistas brasileiros e estrangeiros, o município tem no comércio e na agricultura as bases para sua sustentação. Nesta seção você conhece a história do local e suas características, além de informar-se sobre os principais pontos turísticos da cidade.


Perfil da Cidade das Avenidas

Desde o início, a região onde se formaria a cidade de Araranguá chamava a atenção dos que passavam por ela.

A Serra Geral e seu litoral de mar aberto serviam de referência para os viajantes de destinos variados - emissários da corte, missionários, militares e outros. Em meados do século XVIII, enquanto os índios habitavam as florestas da região, nestas terras, eram estabelecidos caminhos de tropeiros, formando um grande triângulo de passagem de tropas entre Viamão, Araranguá e Lages, percorrido pelos viajantes que ajudaram na formação da população pioneira da região. A base cultural foi constituída inicialmente pelos imigrantes e descendentes das etnias açoriana, italiana, alemã e, em menor proporção, a afro-negra. Após as emancipações dos distritos que compunham a região, que geraram dezoito municípios, a cultura que predominou foi a de base açoriana, sendo preservados aspectos das outras etnias e propiciando uma significativa diversidade que forma o patrimônio cultural de Araranguá.

Conhecida como Cidade das Avenidas, pelo seu traçado urbanístico de amplas ruas e avenidas estabelecido no século XIX, Araranguá possui população de quase 55 mil habitantes, sendo que 16% reside no meio rural, dedicando-se ao cultivo do arroz, mandioca, feijão, fumo e milho. A agricultura, o comércio, o turismo e as indústrias metalúrgicas, cerâmicas, moveleiras e de confecções, juntamente com os setores de serviços, formam a base de sua economia. O município possui ampla rede de ensino público estadual, municipal e particular e além de Campus Universitário. Na área da saúde, o Hospital Regional de Araranguá é o maior hospital público do sul do estado. Há ainda a unidade de saúde do Hospital Bom Pastor e diversas outras espalhadas pelos bairros. A segurança pública conta com dois distritos policiais e a Delegacia da Mulher e do Menor, possui ainda o Batalhão da Polícia Militar e uma Guarnição do Corpo de Bombeiros.

Antes visitado por tropeiros e viajantes, o município agora recebe os muitos turistas, brasileiros e estrangeiros, que vêm contemplar sua beleza natural. Entre elas estão o Morro dos Conventos, suas furnas e dunas, além dos balneários e do rio que tem o mesmo nome da cidade.

Significado - Topônimo

Não há uma versão definitiva e seguramente correta sobre o nome que batizou a cidade de Araranguá. No entanto, segundo registros, esta foi a primeira denominação que teve a localidade. Isto porque Araranguá era o nome do bairro de Laguna que ficava próximo ao atual distrito de Hercílio Luz. Mas antes de ser chamada pelo que ficaria sendo seu nome, a região teve outras denominações. Capão da Espera foi uma delas, nome dado a uma região que supostamente ficaria entre onde hoje é o centro e o Morro Centenário, ali a vegetação era densa e o lugar servia para tocaias de bandidos. Outro nome do município foi Campinas, uma alusão as plantações de cana-de-açúcar localizadas no centro da região.

A partir de 1880, com sua emancipação, o município passou a ser chamado de Araranguá. Segundo a versão mais popular, o nome foi composto por onomatopéia. Assim, a fusão de ararã (papaio grande, arara) com guá (vale, baixada) atribui ao local a denominação de Vale das Araras. Há outras versões, como a que une os termos arara e anguá que juntos significariam barulho ou rumor dos papagaios, e a que registra a transformação do termo guarani ararerunguay em araringuá que significa rio de areia preta.


Localização

A situação geográfica da cidade de Araranguá é privilegiada, estando às margens da BR 101, no extremo sul catarinense. Localizada no corredor do Mercosul, a cidade fica a 210 Km de Florianópolis e a 220 Km de Porto Alegre.

O acesso principal é feito pela rodovia, com pistas em boas condições de trafegabilidade. O terminal rodoviário oferece transporte para todas as capitais do centro sul do país, além de atender às necessidades regionais. Bem próximo, no município de Forquilhinha, há o aeroporto Diomício Freitas, que oferece linhas regulares para os maiores centros do país.

Fonte: http://www.ararangua.net